Transporte de prensas de rolos com um peso de até 80 t

Equipados para o futuro

A ponte rolante de processo da Demag expande as opções de manuseamento

O cliente

A Maschinenfabrik Köppern GmbH & Co. KG foi fundada no longínquo ano de 1898 e labora desde então nas proximidades históricas do museu industrial Henrichshütte, em Hattingen, na Alemanha. Ao longo das últimas décadas, a Köppern tem escrito a sua própria história, sendo globalmente conhecida como empresa de produção de prensas de rolos e pela respetiva assistência técnica.
A empresa une a inovação à tradição. A conservação do valor criado por esta empresa familiar durante gerações constitui a base para se ter estabelecido como o principal especialista mundial na produção e disponibilização de sistemas imponentes de briquetagem, compactação e britagem.

A tarefa

Os componentes pesados de grandes dimensões para a prensa de rolos pronta para entrega são montados no pavilhão 2 da área de produção. Para o deslocamento, são utilizadas cinco pontes rolantes da Demag sobre um caminho com um comprimento de 135 m. Durante a montagem das prensas de rolos, as pontes rolantes assumem o transporte entre cada uma das áreas de produção. Tanto durante a montagem de caixas de rolamentos, como também ao finalizar os rolos nas estruturas, é necessário um posicionamento extremamente preciso dos componentes correspondentes. Para tal, a Köppern precisa de uma ponte rolante que, comparativamente, possua uma capacidade de carga maior. As pontes rolantes da Demag existentes no local estão fixas ao caminho correspondente e são utilizadas nos respetivos locais de trabalho.

A solução

Uma ponte rolante biviga ZKKW da Demag com um guincho MPW e um diferencial de cabo DMR que funciona como mecanismo de elevação auxiliar assegura à Köppern uma combinação entre mecânica fiável e tecnologia precisa. Os conversores de frequência permitem obter uma reação dinâmica com precisão e eficiência elevadas durante a operação da ponte rolante. Assim, as pontes rolantes conseguem transportar o material em segurança, ao mesmo tempo que há uma redução da oscilação de cargas graças a uma aceleração e travagem suaves. O operador da ponte rolante consegue posicionar, de forma eficiente e direcionada, os componentes individuais durante a montagem mediante movimentos de elevação e de abaixamento comutados por frequência. A função ProHub padrão permite alcançar uma velocidade nominal 50 % superior e promete mais eficácia. O operador da grua pode consultar a carga nominal num indicador digital com boa legibilidade existente na cabeceira.

O dispositivo de medição da carga eletrónico protege a estrutura de suporte e o mecanismo de elevação contra sobrecarga. Além disso, os sensores desligam o mecanismo de elevação em caso de sobrecarga e permitem agora apenas um movimento descendente. O mesmo se aplica ao cabo frouxo.

A ponte rolante de processo agora instalada está, além disso, equipada com um dispositivo de distanciamento ótico que evita uma possível colisão com as pontes rolantes vizinhas.

Particularidades

Um posicionamento exato de cargas pesadas é a chave para uma produção segura e eficiente. O carro com guincho MPW é a união entre uma capacidade de carga elevada com uma precisão controlada por conversor. As velocidades de elevação dependentes da carga permitem um posicionamento milimétrico.

Graças ao conceito de segurança abrangente implementado no pavilhão e à integração da ponte rolante de processo, é possível evitar proativamente possíveis perigos para as pessoas e para a máquina.