Linhas de montagem com sistema de ponte ligeira KBK

GEA Group AG

Linhas de montagem alargadas – e a tecnologia de pontes rolantes acompanha o crescimento

O cliente

A GEA Group AG, com os seus 18 490 colaboradores e um volume de negócios de 4,88 mil milhões de euros, é um dos maiores fornecedores de sistemas para a indústria de transformação alimentar. Esta empresa tecnológica com sede em Düsseldorf foca-se em tecnologia de processamento, componentes e soluções sustentáveis para processos de produção exigentes. Nestas situações, é normal ser necessário frio. Por isso, a GEA também é líder no fornecimento de tecnologia de refrigeração industrial.


A tarefa

Nas suas instalações de Berlim, a GEA produz compressores de refrigeração. A expansão da sua produção é permanente graças à procura contínua.

Até 2012, os compressores eram montados numa ilha de produção, sendo as suas peças transportadas por empilhadoras. Era necessário que este princípio de «montagem em caixa» fosse convertido numa produção em linha, com o menor volume de transporte possível por empilhadoras. Entre os principais critérios dos projetistas de produção estava, na altura, a construção de um sistema «aberto», permanentemente adaptável às novas exigências, sempre que necessário. Ao fazê-lo, os responsáveis tinham em mente, antes do mais, a posterior possibilidade de expansão.

A solução

Com base nestas especificações, a decisão recaiu no sistema de ponte ligeira KBK da Demag. Neste sistema, é possível configurar individualmente e, além disso, combinar pontes rolantes suspensas, monocarris suspensos e gruas rotativas de coluna e de parede.

Na primeira fase, o material da principal linha de produção foi fornecido com o sistema KBK. Dois anos depois, foi instalada uma segunda linha de montagem para compressores de menores dimensões e recorreu-se novamente ao sistema KBK. O mesmo se aplica à conexão de uma nova estação de verificação.

No total, desde a montagem da primeira instalação KBK, a GEA expandiu cinco vezes o sistema, e também já com a produção em curso. Isto significa que o conceito demonstrou a flexibilidade pretendida. E a próxima expansão do sistema KBK já está planeada.


Particularidades

Com o sistema KBK, o utilizador consegue transportar material para linhas de montagem completas sem ter de utilizar aparelhos de transporte assentes no solo. O sistema é extraordinariamente flexível. Só no que diz respeito às vigas, estão disponíveis seis perfis de aço e dois de alumínio. A seleção de pontes rolantes, sistemas manuais e equipamentos de elevação é igualmente alargada.

Os diferenciais de corrente DC-Pro da Demag ajudam no manuseio de carga no cliente. O potente DC possui, de série, um redutor de grandes dimensões e, graças à sua elevada classificação FEM, tem o equipamento ideal para uma longa vida útil nas condições mais severas. A função ProHub do DC-Pro assegura velocidades nominais até 90 % superiores em regime de carga parcial. Se a linha de produção for modificada, as conexões elétricas encaixáveis ajudam no «Plug & Lift» e no «Plug & Drive».